Compartilhe

Correria é nosso sobrenome. Vamos respirar um pouco?

por

Ontem ao chegar de um voo o Lucas comentou comigo sobre a correria que se vê num aeroporto e de como isso é o desenho descarado de como anda a vida por esses tempos.

A correria que é a “nossa cara”

Nessas nossas passagens quase que diárias por eles acabamos observando o quanto as pessoas vem a vão, assim como os aviões, de forma atropelada. É gente se trombando, tropeços, celular na mão um olho nele e outro mais ou menos no chão. É tanta gente que não se olha e não presta atenção.

correria-no-aeroporto

Se você sentar por um minuto num lugar desses vai ver gente correndo para não perder o voo – mas já perdeu a sua hora, malas se arrastando de um lado para o outro num ritmo tão frenético que uma coisa fica clara: tá corrido para todo mundo. Sim a vida é corrida, mas que tal se a gente ao menos respirar?

Pois é, Lenine já disse:

 “Até mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma,

até quando o corpo pede um pouco mais de alma,

a vida não para” (Paciência, Lenine).

Mas dá sim para fazer um pouco de hora e se policiar para prestar atenção na vida que é “tão rara”, afinal, será que temos esse tempo pra perder?

A vida acontece quando estamos desapercebidos

Esses dias falei justamente sobre isso no Instagram (você pode ver clicando aqui): a vida acontece quando a gente está desapercebido. De repente você se olha com um pouco mais de atenção e percebe que já tem uma casa, um marido, está planejando os filhos e nem viu isso tudo acontecer. E aí acho que cabe citar:

“Vamos viver nossos sonhos,

temos tão pouco tempo”

(Como Tudo Deve Ser, Charlie Brown Jr.).

Nossa, não sei vocês mas quando eu parei para pensar nisso e olhei ao meu redor vi que muito detalhe também passa desapercebido, muita vontade passa afogada e momentos que deveriam ser saboreados com calma e zelo são simplesmente engolidos. E isso é uma pena!

Quando eu montei minha casa escolhi até a lixeira do banheiro com carinho. Discuti com o Lucas centenas de vezes para decidir a quantos milímetros do chão o pedreiro ia fazer o nicho de dentro do meu box. Encasquetei que a pedra da lavanderia precisava subir mais meio centímetro porque eu não queria ficar com dor nas costas quando fosse lavar roupa no tanque.

a-vida-acontece

Não estou dizendo para vocês serem tão chatos e detalhistas como eu. Cada um sabe suas prioridades e entende as suas loucuras, rs. Mas tem tanta coisa que gostaríamos de fazer e não sai do papel, tanto lugar para conhecer, tantos programas bacanas, tanta coisa esperando pela nossa atenção – basta querer se envolver. Tem gente interessante atravessando seu caminho e pode ser que você não veja porque está toda hora com a cabeça enfiada no celular. Seria terrível perder o homem ou a mulher da sua vida porque estava ocupado administrando o grupo do Whats App enquanto corria para a próxima reunião, certo?

Pequenas atitudes para respirar

Que tal se a gente colocar no papel algumas coisas bacanas para fazer nas próximas folgas ou no meio de dias corridos e tirar os projetos de lazer e que te darão alegria da gaveta?

  1. Ligue para alguém que você não liga há tempos (ou que só tem se comunicado através das redes sociais).
  2. Aprenda uma receita nova, mesmo que não saiba cozinhar.
  3. Escolha um filme bacana e coma com uma bacia de pipoca.
  4. Tente desenhar alguma coisa. Aqui em casa eu tenho uma caneta Posca e saio pintando tudo para aliviar o estresse (falarei sobre isso em outro post).
  5. Experimente dar bom dia para os estranhos que passam por você.
  6. Observe as pessoas. Pare um segundo onde estiver e só observe: note o que elas tem de bonito, de engraçado, de diferente. Podem ser 2 minutos.
  7. Pegue o carro e faça um bate-volta para a praia.
  8. Tome um café sozinho sem pegar no celular.
  9. Vá tomar um sol no parque. Vitamina D é a nossa bateria.
  10. Diga coisas bonitas para quem você ama. Grite um “eu te amo” bem alto.
  11. Experimente respirar um pouco no meio da rotina com qualquer coisa que não seja A rotina: tudo vale.

Pode parecer meio bobo. Talvez seja mesmo. Mas se ficarmos atentos a quantas andam essas passadas largas que damos meio sem fôlego pode ser que no próximo ano você não chegue no Reveillon impressionado com a velocidade que o ano passou. Ele vai passar rápido e isso é certo como água e óleo não se misturam, mas quem sabe você vai estar ainda mais impressionado com o tanto de coisas que conseguiu fazer nesse tempo maluco e desenfreado que passou.

Por agora vamos parar para ver o vídeo do Lenine 🙂

 

 

 

 

10 Respostas
  • Heber Costa
    novembro 6, 2016

    ótima matéria,
    realmente é necessário dizer não ás horas e por alguns minutos que seja fingir que o tempo parou, que é você quem esta no comando dessa vida louca, caso contrario viramos apenas marionetes desse tempo que é a falta, inclusive a falta de vida.
    Parabéns !]beijos
    D@

  • Heber Costa
    novembro 6, 2016

    que coincidência, ontem escrevi algo sobre o tempo!!

  • Luba
    novembro 6, 2016

    Tomei um fôlego, respirei e me comprometi a ler com o maior carinho teu blog. Admiro a simpatia que você tem pelo capricho, pela execução perfeita de tudo que faz, pelo menor que possa parecer aos outros, você tem consciência, alma, o que faz, faz bem feito.

    • Chantal
      novembro 8, 2016

      Obrigada Luba!
      Muito gostoso saber que a gente é reconhecido naquilo que faz com carinho!
      Um grande abraço.

  • Rosicler Boeing
    novembro 6, 2016

    Adorei essa pausa para pensar, olhar, respirar! Damos demasiada atenção ao desnecessário e pouca ao que realmente importa!

  • Lara
    novembro 7, 2016

    Simplesmente uma delícia de post !!!! Desacelerar é preciso!

  • Lara
    novembro 7, 2016

    Amei as dicas 😀

  • Roberta
    novembro 8, 2016

    Vesti a carapuça rs… e amei ler a parte da vitamina D… tem muita coisa passando desapercebida em minha vida e não quero isso, estou seguindo suas dicas!!!

  • Chantal
    novembro 8, 2016

    Queridos! Obrigada pelo retorno, fico feliz demais em poder falar de algo que serve para todos! Já comecei a praticar a listinha também heheh 😁 depois me contem como foi!
    Beijos!

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *